COMBATENDO O MEDO DO AMANHÃ

2 REIS 7: 1-18

Introdução

O livro de primeiro e segundo a reis revela o sucesso ou o fracasso de cada rei de Israel e Judá. E esses livros tinham como premissa fazer com que os cativos da Babilônia repudiassem a idolatria para sempre e cumprisse os mandamentos do Senhor nas gerações futuras, sem repetir os mesmos erros da geração passada.

É um livro que trata o declínio de Israel antes e depois da divisão dos reinos.

E nesse período de declínio, Deus levanta profetas corajosos para profetizar e conclamar a nação a voltarem-se para o Senhor.

CONTEXTO HISTÓRICO

Bem, o texto que lemos, nos revela a real situação dos cativos da Babilônia e a profecia que Eliseu profere ao povo, declarando um amanhã de fartura!

A realidade era de escravidão, de fome, de exploração etc; essa era a realidade e tudo isso consequência da incredulidade e idolatria.

(O nosso amanhã, está nas mãos de Deus. Deus tem um futuro de paz para os seus servos, para aqueles que se dispõe a honrar a Ele com sua fé e esperança…Creia no Senhor!!)

Agora, um profeta vem e diz: Amanhã – a história de vocês será diferente. É o mesmo que dizer, olhem para a dificuldade de hoje, para o que estão vivendo e comecem se despedir, porque a manhã haverá novidade, será diferente.

Só que tem gente que duvida da provisão de Deus. E esta história nos faz lembrar do que disse o profeta Malaquias 3:18 “e outra vez vereis a diferença entre o justo e o injusto, entre o que serve a Deus e o que não serve”.

Nesta história aparece um rei e um capitão, seu braço direito, que mergulhado na realidade, desacreditou da voz do homem de Deus. V2/ Quando desacreditamos da palavra de Deus, nossas ações são insanas e estamos caminhando rumo ao fracasso;

Na mesma história, aparecem quatro homens leprosos que estavam assentados a porta da cidade e observando o movimento e tudo o que estavam enfrentando, decidem, ir em busca de uma possível solução. Vejam que eles dizem: Vamos lá, se ficarmos aqui vamos morrer, se ir à Síria, também irão nos matar, de qualquer jeito vamos morrer… então já que é para morrer, vamos morrer lutando; ( )Precisamos combater o bom combate até o fim!

E eles chegam ao acampamento dos sírios, e tal qual a surpresa o acampamento havia sido abandonado pelos sírios, pois o Senhor fez com eles ouvissem o som de um grande exército que vinham para destruí-los, fogem deixando tudo o que tinha.

E os leprosos entram no acampamento, comem, bebem, se fartam e ainda levam os despojos dos sírios. Só que ao cair da tarde, começaram a se lembrar do seu povo, que estavam com fome, e voltaram a sua cidade para contar ao rei tudo o que tinha acontecido;

Vejam que eles disseram um ao outro: Hoje é dia de boas notícias e não podemos nos calar!! () a benção que receberemos da parte de Deus é para nós e irá alcançar a outros também..

Eles retornam e vão direto contar ao rei o que tinha acontecido, e o rei… () quem não sabe identificar a voz de Deus, sofre as duras consequências de não experimentar da provisão de Deus.

…começa a confabular o que poderia ter acontecido v.12 – estão escondidos, vão nos pegar, eles sabem que estamos com fome… – () tem benção que é até difícil acreditar – Exemplo: A compra pro seu Pedro.

 E um dos seus oficiais, diz: é melhor ir ver… Tem pessoas que não viverão milagres, porque não acreditam no Deus do milagre… E foram e viram que de fato algo extraordinário tinha acontecido…

Correram saquearam o acampamento sírio, e… v.16c… aconteceu exatamente como o Senhor tinha dito

Qual era a promessa? Se voltarmos ao começo da história, Eliseu diz: uma medida de farinha e duas de cevada haverá por um siclo; isso quer dizer, vocês vão conseguir comprar alimentos a baixo custo de modo que vocês terão o que comer, a falta de alimento chegaria ao fim… Vocês terão alimentos para comprar e comer;

Aparece o capitão, que duvidou… e Eliseu disse: Você vai ver com seus olhos, mas você não vai participar;

E sabe o que aconteceu? Exatamente o que Deus disse pela boca do profeta… Ele morreu pisoteado, mas não desfrutou da promessa e da provisão de Deus. (19-20)

Aplicações:

  1. O Deus que servimos é totalmente confiável, a sua palavra é fiel, e mesmo diante da crise, creia que Deus pode na crise, criar oportunidade para te abençoar;
  2. Precisamos olhar para crise e extrair dela aprendizados, correção de postura: Os leprosos, inicialmente, queriam apenas para si, mas no percurso, eles aprenderam, que a crise era oportunidade de mudança de postura e por isso experimentaram da provisão;
  3. Não tenha medo do amanhã, Deus está hoje no nosso amanhã projetando caminhos de paz; Ele é Jeová Jiréh – Deus de toda provisão, honre a Ele com a sua fé que mesmo pequena, você dirá ao monte mova-se, e ele se moverá! Mt 17.20;

Conclusão

Deus está pronto a cumprir as promessas Dele na sua/minha vida; tudo o que ele precisa saber é quem somos dentro dessa história:

O profeta – que fala somente o que Deus diz porque acredita no Deus que serve;

Os leprosos – que no caminhar muda o rumo da sua vida e desfruta da provisão;

O Capitão – que duvida da palavra de Deus e por isso, morre sem viver as bençãos de Deus;

Ou somos o rei – que desconfia da provisão – e não acredita que Deus usa as situações mais adversas para abençoar os seus filhos;

Quem estamos sendo na crise? Quem é você na adversidade?

**Se você é alguém que decidiu ouvir a voz de Deus, mesmo que a situação atual é a mais difícil possível, mesmo que o cenário é de impossibilidade; Tem sinal de Deus chegando – Amanhã – está chegando, comece a ouvir o ruído de carros, cavalos, cavaleiros…um grande exercito da parte de Deus vindo ao seu encontro trazendo boas notícias!!!

Louvores: …eu estou sentido, que está chegando, uma novidade pra sua vida…

… eu sinto cheiro da chuva…

Oremos!!!

Please follow and like us:
0
20
fb-share-icon20