Confiança inabalável em tempos de angústia

Texto: 1 Reis 17:1-16

Introdução

  • Nos dias de Elias o povo de Israel vivia um distanciamento da presença de Deus;
  • Devido às decisões do rei Acabe, de estabelecer a idolatria e casar-se com Jezabel, potencializou um conflito entre a religião de Baal e Deus;
  • Deus iria cessar a chuva sobre um território, como forma de demostrar seu poder acima daquela falsa entidade;
  • Só que havia muitas pessoas morando e vivendo ali em Israel, que não tinham nada a ver com aquela decisão do rei Acabe; Elas eram fieis a Deus;
  • Uma delas era o profeta Elias, que foi um grande um exemplo de fé, destemor e lealdade à Deus;
  • Assim como nos dias de Elias, nós também presenciamos conflitos que estão abalando estruturas políticas, econômicas e de idolatria;
  • Baal era um deus pagão da colheita, da fertilidade, e em seus cultos lhes era oferecido os primeiros frutos da colheita; A falta de chuva e orvalho, segundo a palavra de Deus, humilharia esse falso deus e sua religião;
  • Vemos que Deus está atuando na história, permitindo coisas acontecerem que nos deixam impressionados; No entanto, Deus não nos tira do meio do mundo;
  • Quero destacar algumas coisas no texto que demonstram o cuidado de Deus com os seus, em meio ao caos que o mundo vive;

1)    Palavra para Acabe

Quando Elias foi até Acabe, levou uma informação de que não haveria orvalho e nem chuva na terra; A escassez de água afetaria a agricultura e a alimentação das pessoas em todo o país (ela não iria afetar apenas o quintal do rei), não haveria chuva e nem orvalho em toda aquela terra por alguns anos;

Em momento algum o rei Acabe disse qualquer palavra que fizesse Elias demover-se daquela ideia ou orar a Deus pedindo misericórdia. Ele acreditava que o seu falso deus lhe livraria; O mundo também deposita sua confiança em seus deuses: O deus do capitalismo é o mercado e o deus do comunismo é o Estado;

Então, Elias se retirou da presença de Acabe sem qualquer palavra dele;

2)    Palavra de Deus para Elias

Veio a Elias a palavra de Deus totalmente diferente daquela que se referia a Acabe; Deus não tira os seus filhos do mundo, mas, os ajuda de maneiras diferentes em meio às crises vividas pela humanidade;

Vai-te daqui, e vira-te para o oriente, e esconde-te junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. E há de ser que beberás do ribeiro; e eu tenho ordenado aos corvos que ali te sustentem. 1 Reis 17:3,4;

  • Deus deu uma direção: envolveria uma mudança de rotina: vai-te daqui, e vira-te para o oriente;
  • Deus o manteve escondido: quem procurasse por Elias, não o acharia, porque ele estava escondido; Deus o tirou da visão dos demais;
  • Deus ordena corvos que o alimentem: é uma maneira de ser alimentado bem diferente daquela que alguém poderia imaginar;

A igreja também recebe uma proteção especial de Deus no mundo; Podemos confiar em Deus que em meio à tudo o que está acontecendo, Deus está protegendo seu povo de uma maneira diferente.

3)    Submissão e obediência de Elias

Foi, pois, e fez conforme a palavra do Senhor, porque foi e habitou junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã, como também pão e carne à noite; e bebia do ribeiro. 1 Reis 17:5,6;

Deus não forçou nada a Elias. Dependia de Elias a decisão de obedecer; Elias fez conforme a Palavra do Senhor: habitou junto ao ribeiro de Querite. Os corvos lhes traziam alimentação que era carne e pão. Deus não tinha dito de qual alimentação se tratava, e Elias veio a saber quando tudo aconteceu;

Na travessia do deserto, Deus mandou uma comida do céu, chamada de Maná, para alimentar seu povo;

Fui moço e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão. Salmos 37:25;

Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono. Salmos 127:2;

4)    Nova mudança de direção

E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou, porque não tinha havido chuva na terra. Então, veio a ele a palavra do Senhor, dizendo: Levanta-te, e vai a Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente. 1 Reis 17:7-9;

Estava tudo indo bem até que o ribeiro se secou. O problema é quando a gente deposita toda a nossa confiança no ribeiro, gostamos do ribeiro, nos acostumamos com o ribeiro, queremos viver somente junto ao ribeiro; Devemos tomar cuidado para que o ribeiro não se torne um deus no nosso coração;

O ribeiro se secou e veio novamente a Palavra de Deus a Elias Levanta-te, e vai a Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente”;

Tem hora que o ribeiro seca e a gente tem que levantar. Naquela terra sedenta de água, Elias precisou sacudir o pó seco de suas vestes, e seguir o seu caminho. O ribeiro de Querite não era destino final de Elias; Assim, como também não era nenhum palácio que Elias estava indo visitar, dali ele partiu para Serepta;

Serepta era um vilarejo muito pobre da cidade de Sidom, terra natal da rainha Jezabel. Ninguém imaginaria que Elias estaria morando ali, justamente em Sidom, na terra da rainha Jezabel;

Chegando ali, encontrou aquela viúva que não tinha recursos nem pra ela e seu filho comer, quem dirá alimentar outro adulto; Invariavelmente, Deus também pode determinar situações como essas para sustentar seus filhos;

Deus disse a Elias: eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente (v.9); A viúva não sabia que tinha sido escolhida por Deus para alimentar um servo dele, e quando ele chegou ali, ela fez como Elias tinha dito a ela, e foi abençoada; Alguém que disse “para que o comamos e morramos” (1 Reis 17:12), agora, tinha comida para todos em sua casa;

Quando estamos na direção de Deus, Ele também abençoa a outros que estão em nosso redor;

Esse texto é uma Palavra de fé pra sua vida

Da panela a farinha se não acabou, e da botija o azeite não faltou, conforme a palavra do Senhor , que falara pelo ministério de Elias. 1 Reis 17:16;

Deus é o seu sustento. Ele pode cuidar de você usando um ribeiro ou uma viúva pobre. Deus pode fazer a farinha da panela não se acabar, até que Ele restaure todas as coisas.

Você precisa confiar em Deus, sabendo que Ele é o provedor da sua vida. Ele é aquele que te guarda.

Vamos orar e pedir a Deus um coração mais confiante nEle!

Please follow and like us:
Pin Share