Escola Bíblica Dominical

As atividades educacionais no cristianismo são antigas, mas sob o nome de Escola Dominical o movimento surgiu na Inglaterra, com o propósito de ensinar as crianças que ficavam sem atividade durante os domingos. Atualmente, esta atividade envolve os membros da Igreja, em todas as faixas etárias e acontece em horário diverso ao culto religioso. No Brasil, a maioria das comunidades adota a Escola Dominical matinal. 

A Escola Bíblica sempre ocupou um lugar importante na Igreja Unida, inclusive o Regimento Interno possui um capítulo exclusivo para tratar dessa matéria:

CAPÍTULO 10 – DA ESCOLA BÍBLICA

  • Artigo 37 – Depois do púlpito, a Escola Bíblica é o principal órgão de atividades da Igreja ou Congregação: são os próprios crentes, seus familiares e demais interessados, adultos e crianças, que se reúnem para estudos sistemáticos da Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada.
  • Artigo 38 – O indispensável aprimoramento de nossos conhecimentos bíblicos e, essencialmente doutrinários, o crescimento espiritual e numérico da Igreja ou Congregação, está em grande parte, condicionados à eficiência da Escola Bíblica.
  • Artigo 39 – A escola Bíblica é o órgão doutrinário e evangelístico por excelência; e por isso, deverá ser incansável na consecução desses dois objetivos primordiais: doutrinar e evangelizar.
  • Artigo 40 – A Escola Bíblica deve merecer todo apoio possível da Igreja ou da Congregação a que pertencer de cada crente em particular, e dos obreiros em geral.

Por isso, estamos readequando nossa agenda, a partir de 01/07/2018, para possibilitar um maior número de pessoas na igreja. Todos estão convidados!

Para participar é necessário: um bíblica, um caderno e uma caneta!