Por que ser membro de uma igreja?

Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Mateus 16:18.

Embora pertençamos a uma igreja invisível e de incalculável número de salvos por todo o mundo e, que, desde a sua fundação, aumenta mais e mais, não podemos ignorar que a igreja precise se organizar localmente, para melhor atender a sua comunidade, e, por isso, tome formas por meio de denominações locais, com estrutura e lista de crentes arrolados na sua membresia.

As igrejas que foram fomentadas pela ação do Espírito Santo em Atos 2, e que foram estabelecidas pelo trabalho do apóstolo Paulo, ocupavam uma localidade (Coríntios, Filipenses etc.), tinham obreiros, membros e identidade.

Veja como era a igreja primitiva em Jerusalém:

Ora, naqueles dias, crescendo o número dos discípulos, houve uma murmuração dos gregos contra os hebreus, porque as suas viúvas eram desprezadas no ministério cotidiano. E os doze, convocando a multidão dos discípulos, disseram: Não é razoável que nós deixemos a palavra de Deus e sirvamos às mesas. Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio. Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra. Atos 6:1-4. 

a) Rol de Membros: A igreja cresceu no número de discípulos e essa constatação foi possível porque ela sabia quantos discípulos tinha no início (Atos 2:41, 4:4), de maneira que foi possível avaliar adequadamente que aquele número inicial agora estava franca em expansão;

b) Assistência Social: As viúvas gregas, inicialmente, não eram cadastradas no rol de membros da igreja e, por isso, não estavam recebendo assistência, mas, logo alguém notou isso, e levou o problema aos dirigentes, que, prontamente, solucionaram o problema; Havia um cadastro de Assistência Social para atender as viúvas.

c) Pastores: A igreja, de uma multidão de pessoas, tinha doze dirigentes, ou seja, haviam pastores na igreja, pessoas vocacionadas para cuidar do povo e ministrar a Santa Palavra de Deus!

d) Diáconos: Esses dirigentes convocaram uma Assembleia Geral na igreja e todos escolheram sete diáconos, qualificados espiritualmente, para dedicarem-se na administração e auxílio da igreja, enquanto os dirigentes se dedicavam no Ministério da Oração e da Palavra de Deus.

Hoje, muitas pessoas, que dizem ser crentes, alegam por livre escolha não pertencer a uma igreja local sob diversos pretextos pessoais, mas, todos incompatíveis com revelação da Verdade, porque negligenciaram que a Palavra de Deus diz indubitavelmente que alguém que é crente deve ser membro arrolado de uma igreja local, deve exercitar a comunhão, convivendo com irmãos, e aprendendo a ser pastoreado por aqueles que DEUS escolheu para isso.     

Hebreus 13:17 diz “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil”. É interessante notar que os pastores darão conta de almas, mas de quais almas? Obviamente, os pastores darão conta das almas que permanecem sob sua responsabilidade, mas, das almas que não são suas, dessas não darão conta.

Olhando o texto inicial, veremos nas palavras de Jesus três coisas maravilhosas em se pertencer a uma igreja:

1) Tu és Pedro: Jesus usa esse termo para falar que Pedro é uma pedra pequena, parte de um grande edifício e, nós, como Pedro, também somos pedras pequenas, pertencentes a um grande edifício invisível, mas real;

2) Sobre esta Pedra edificarei a minha igreja: Jesus agora fala de si mesmo como Pedra Fundamental de uma igreja que está alicercada sobre Ele, e um edifício estabelecido sobre essa Pedra não pode ser abalado;

3) As portas do inferno não prevalecerão contra ela: é interessante saber que o inferno tem portas. Se o inferno tem portas é porque precisa se proteger do que está fora dele, neste caso, da igreja. E se o inferno preicsa se proteger da igreja, é porque já não tem forças contra ela. O inferno não tem forças contra a igreja! Pense nisso!

E você? Está se justificando porque não é membro de uma igreja? Tome a melhor decisão de sua vida! Usufrua de intimidade com Deus e seja parte de um povo que vai morar no céu!

Quando você entrar numa igreja, se já recebeu Jesus como suficiente Senhor e Salvador, recomendamos que procure o pastor da igreja, para conversar e manifestar seu interesse de membrar-se, faça a sua ficha de membro e seja acompanhado em sua vida espiritual pelos dirigentes da igreja.

Por exemplo: Em nossa igreja, os membros recebem uma ficha cadastral, cujos membros são inseridos no rol da igreja e passam a ser cuidados pelo pastor. Por isso, não hesite em sua decisão de ser membro de uma igreja!

Seja crente! Deus abençoe!