Princípios de uma vida restaurada

Texto

Então Josué disse ao povo: Não podereis servir ao Senhor, porquanto é Deus santo, é Deus zeloso, que não perdoará a vossa transgressão nem os vossos pecados. Se deixardes ao Senhor, e servirdes a deuses estranhos, então ele se tornará, e vos fará mal, e vos consumirá, depois de vos ter feito o bem. Então disse o povo a Josué: Não, antes ao Senhor serviremos. E Josué disse ao povo: Sois testemunhas contra vós mesmos de que escolhestes ao Senhor, para o servir. E disseram: Somos testemunhas. Deitai, pois, agora, fora aos deuses estranhos que há no meio de vós, e inclinai o vosso coração ao Senhor Deus de Israel. E disse o povo a Josué: Serviremos ao Senhor nosso Deus, e obedeceremos à sua voz. Assim, naquele dia fez Josué aliança com o povo e lhe pôs por estatuto e direito em Siquém. Josué 24:19-25;

       I.            Introdução

O papel de Josué foi fazer o povo entrar na terra prometida e assentar as doze tribos; Antes de morrer, Josué, já velho, chamou o povo e o exortou a observar a Lei do Senhor (cap. 23) e também trouxe à sua memória tudo o que Deus havia feito (cap. 24) e ali fez um concerto com o povo;

Após a morte de Josué, o restante do território que haveria de ser anexado, começou a ser invadido pelas tribos de Israel, porém, no cap. 1 de Juízes, vemos que os israelitas permitiram que os povos pagãos permanecessem em seu território;

No capítulo 2 o Anjo do Senhor aparece ao povo e repreende por causa do concerto que eles fazem com esses povos, incorporando seus hábitos, cultura e deuses;

E levantou o Senhor juízes, que os livraram da mão dos que os despojaram. Porém tampouco ouviram aos juízes, antes prostituíram-se após outros deuses, e adoraram a eles; depressa se desviaram do caminho, por onde andaram seus pais, obedecendo os mandamentos do Senhor; mas eles assim não fizeram. E, quando o Senhor lhes levantava juízes, o Senhor era com o juiz, e os livrava da mão dos seus inimigos, todos os dias daquele juiz; porquanto o Senhor se compadecia deles pelo seu gemido, por causa dos que os oprimiam e afligiam. Porém sucedia que, falecendo o juiz, reincidiam e se corrompiam mais do que seus pais, andando após outros deuses, servindo-os, e adorando-os; nada deixavam das suas obras, nem do seu obstinado caminho. Juízes 2:16-19;

Assim se dá o enredo do livro de Juízes. Ele narra a história de pessoas escolhidas por Deus para julgar o povo e operar livramentos em tempos de angústia e arrependimento; Hoje, vamos meditar na história de um desses juízes: Gideão;

    II.            Gideão


Juízes 6:1-24

Baseado neste trecho da história, vamos extrair alguns princípios de alguém que tem uma vida restaurada, para tanto, vamos ver atitudes que não ajudam e atitudes que ajudam;

1)    Atitudes que não ajudam

1.1      Soluções paliativas

Porém os filhos de Israel fizeram o que era mau aos olhos do SENHOR; e o SENHOR os deu nas mãos dos midianitas por sete anos. E, prevalecendo a mão dos midianitas sobre Israel, fizeram os filhos de Israel para si, por causa dos midianitas, as covas que estão nos montes, as cavernas e as fortificações. Juízes 6:1,2;

Soluções paliativas não resolvem definitivamente (exemplificar).

Uma das coisas que observamos aqui é que o povo cavou covas, cavernas e fortificações; O povo de Deus não foi criado para viver escondido, mas, o resultado do pecado faz isso; Sempre há uma melhor saída que uma solução paliativa para a nossa condição; Nós podemos nos arrepender, confessar nossas culpas e mudar de rumo, ou, podemos viver em cavernas.

O povo de Deus deveria ser luz, então, não eram para estar escondidos em covas e cavernas; O diabo tem todo o interesse que alguém peque, para que ele possa acusar essa pessoa e dizer para ela que Deus não perdoaria o que ela fez; Assim, ele mantém seu poder sobre a pessoa;

Adotamos soluções paliativas para a nossa vida, quando não estamos dispostos a analisar a raiz dos nossos problemas, então, postergamos o que realmente precisa ser feito;

1.2     Demora em fazer o que é necessário

Porque sucedia que, semeando Israel, os midianitas e os amalequitas, e também os do oriente, contra ele subiam. E punham-se contra ele em campo, e destruíam os frutos da terra, até chegarem a Gaza; e não deixavam mantimento em Israel, nem ovelhas, nem bois, nem jumentos. Porque subiam com os seus gados e tendas; vinham como gafanhotos, em grande multidão que não se podia contar, nem a eles nem aos seus camelos; e entravam na terra, para a destruir. Assim Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas; então os filhos de Israel clamaram ao Senhor. Juízes 6:3-6;

A segunda coisa que aconteceu é que, nem vivendo escondidos havia paz naquelas terras; Os midianitas (amalequitas e outros povos do oriente) vinham como gafanhotos e destruíam tudo. Havia uma legalidade na vida deles, que dava essa abertura para que esses povos fizessem isso.

Alguém dar legalidade ao diabo, para que seus demônios façam papel de gafanhotos. Enquanto a pessoa não reage da maneira correta, o tempo vai passando e ela vai empobrecendo em tudo; O problema está na letargia em se fazer o que precisa ser feito;

2)    Atitudes que ajudam

2.1      Clamor sincero


E sucedeu que, clamando os filhos de Israel ao Senhor por causa dos midianitas, enviou o Senhor um profeta aos filhos de Israel, que lhes disse: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Do Egito eu vos fiz subir, e vos tirei da casa da servidão; E vos livrei da mão dos egípcios, e da mão de todos quantos vos oprimiam; e os expulsei de diante de vós, e a vós dei a sua terra. E vos disse: Eu sou o Senhor vosso Deus; não temais aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; mas não destes ouvidos à minha voz. Juízes 6:7-10;

Após clamar ao Senhor, Deus enviou um profeta. É possível que neste clamor estivesse incluso uma confissão sincera e um profundo desejo de mudança genuína, tal qual ele foi respondido por Deus; Temos aqui uma resposta do que alguém pode e deve fazer na sua vida, para obter mudança;

Então, Deus enviou um profeta que trouxe uma palavra de ânimo para aquela situação; Deus teve misericórdia de quem se mostrou disposto a pedir ajuda (e infere-se que desejava mudar);

Não adianta só alguém pedir oração para um irmão da igreja, é necessário que esta pessoa adentre na presença do Senhor e fale com Ele sinceramente, que ela assuma sua responsabilidade no processo e se disponha a mudar de rota; Todo mundo sabe no que precisa mudar;

2.2     Perguntas, análise e disposição em ouvir e atender à Deus

Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas. Então o Senhor olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu? E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai. E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem. Juízes 6:13-16;

Dentre todos os moradores de Israel, o Anjo foi ao encontro a um deles que estava malhando o trigo no largar (no lugar onde se amassava uvas, ele malhava trigo, para tentar salvar uma parte da plantação dos gafanhotos e garantir a alimentação da sua família);

Enquanto fazia isso, possivelmente, passavam vários questionamentos em sua mente, tanto é que quando o anjo aparece, ele faz perguntas (mas, já tem suas conclusões); Quando Gideão fez perguntas ao Anjo, e já apresenta as respostas, a resposta do anjo é surpreendente, porque elas não batem com a análise de Gideão, pelo contrário, ela foca em solução;

Com base nisto, vamos duas coisas sobre o caráter de Deus:

  III.            O caráter de Deus

1)    Deus perdoou e não quer remoer o passado

O problema de remoer o passado, é que isso serve de muleta para a pessoa não fazer o que é necessário fazer. Assim, ela se comisera e consegue alguma esmola advinda de dó dos outros; O paralítico de Cafarnaum, depois de curado, precisou carregar a sua cama; O cego de nascença de Jerusalém, precisou ir ao tanque lavar seus olhos;

Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas. Então o Senhor olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu? Juízes 6:13,14;

Deus não está interessado em ficar falando dos erros perdoados, Ele quer trazer a solução;

Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniquidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar. Miquéias 7:19;

2)    Deus chama pessoas para participarem da solução

Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.
E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.
Juízes 6:15,16;

Todas as dificuldades que Gideão apresenta são de fatores externos: Família mais pobre, menor da casa de seu pai… etc.

Deus chama pessoas a partir do que ele vê dentro delas e não a partir do que se encontra em seu exterior; O anjo poderia ter ido até o melhor guerreiro de Israel, ou a alguém de uma família bem abastada ou a alguém muito estudado etc., mas, ele vai até a Gideão; Deus chama pessoas, não pelo que elas têm ou são por fora, mas, pelo que elas são por dentro;

Gideão achava que dependeria dele o sucesso daquela empreitada, mas, na verdade, dependia de Deus, e ele precisava aprender a depender de Deus; Se ele fosse alguém grande, vivendo dentro de uma família importante e ele se acharia competente pra tarefa;

 IV.            Considerações

Não devemos ter um caráter malformado (vacilante): Tem gente que ora é muito crente e ora é muito profano; ora está superanimado, ora está super desanimado; e por aí vai. Israel sofria altos e baixos, por causa de sua inconstância: Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1 Coríntios 15:58;

Temos coisas que precisam ser restauradas na nossa vida: Todos já passamos por situações que se apresentaram e que não soubemos lidar com elas. É tempo de sentir-se perdoado para conseguir seguir em frente com atitudes novas; É tempo de libertar-se do passado e de velhos hábitos; Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 2 Coríntios 5:17;

Please follow and like us:
Pin Share