Um ato de adoração registrado para sempre!

Foi, pois, Jesus seis dias antes da Páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera e a quem ressuscitara dos mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. Então, Maria, tomando uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento. Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros, e não se deu aos pobres? Ora, ele disse isso não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão, e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. Disse, pois, Jesus: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto. Porque os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes. E muita gente dos judeus soube que ele estava ali; e foram, não só por causa de Jesus, mas também para ver a Lázaro, a quem ressuscitara dos mortos. E os principais dos sacerdotes tomaram deliberação para matar também a Lázaro, porque muitos dos judeus, por causa dele, iam e criam em Jesus. João 12:1-11.

Introdução

Havia uma aldeia chamada Betânia que ficava próxima de Jerusalém. Nos dias de Páscoa a cidade de Jerusalém ficava superlotada e, possivelmente, sem lugares para acomodar a todos os viajantes;

Por ser próxima, a cidade de Betânia acabava recebendo visitantes que vinham de longe e procuravam estadia para passar alguns dias;

Em suas vindas à Jerusalém, Jesus também passou por Betânia e acabou conhecendo e fazendo amizade com essa família incrível: Lázaro, Marta e Maria;

Numa certa ocasião Lázaro morreu, e as irmãs chamaram seu amigo, Jesus, e Jesus ressuscitou a Lázaro. Ter um amigo como Jesus é maravilhoso!

Agora é a última vez que Jesus está indo à Jerusalém, em alguns dias ele seria vituperado e morto, perante uma grande multidão (você iria a um lugar, sabendo que será morto ali?); Isso é viver com propósito.

E aconteceu que, quando Jesus concluiu todos esses discursos, disse aos seus discípulos: Bem sabeis que, daqui a dois dias, é a Páscoa, e o Filho do Homem será entregue para ser crucificado. Depois, os príncipes dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos do povo reuniram-se na sala do sumo sacerdote, o qual se chamava Caifás, e consultaram-se mutuamente para prenderem Jesus com dolo e o matarem. Mas diziam: Não durante a festa, para que não haja alvoroço entre o povo. Mateus 26:1-5;

Nesta ocasião, Jesus vai à Betânia, antes de chegar à Jerusalém, porém, dessa vez, não vai à casa de seus amigos, e sim à casa de Simão (um leproso);

E, estando Jesus em Betânia, em casa de Simão, o leproso… Mateus 26:6

Se é “nos dias atuais” isso dá o que falar, né? “É porque Jesus vem sempre aqui, agora não veio (tá desfazendo da gente… Ele resolve ir na casa daquele lá)… blá, blá, blá… ao contrário dessa cultura egoísta, fizeram uma ceia na casa de Simão e olha o que aconteceu…

Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. João 12:2.

Na casa de Simão, estavam na Ceia Lázaro, Marta e Maria… estavam emburrados num canto? Não! Estavam participando com Jesus.

Tem dia que Jesus vai na casa de Lázaro, tem dia que ele vai na casa de Simão. No dia da sua visitação, se alegre, no dia da visitação do outro, se alegre com ele! Você não é o centro do universo!

O centro da nossa vida é Cristo, não sou eu, não é você, não é o seu irmão. Por isso, eles foram lá, para estar com Jesus.

Esse ano, estamos tratando muito a questão da maturidade na igreja. Vou falar bastante coisa sobre isso. Porque eu quero que a igreja cresça, mas, pra isso, precisamos amadurecer juntos.

Maria leva um vaso de alabastro com Nardo Puro

Era um vaso com um gargalo comprido, o vaso em si já era muito precioso.

O perfume era de Nardo Puro (uma planta asiática), era importado, usado como unguento para perfumar o corpo (Museu da Bíblia).

Ela quebrou o vaso e alabastro e derramou todo o perfume em sua cabeça e lhe ungiu os pés.

E, estando ele em Betânia assentado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher que trazia um vaso de alabastro, com unguento de nardo puro, de muito preço, e, quebrando o vaso, lho derramou sobre a cabeça. Marcos 14:3.

Mateus e Marcos destacam que foi sobre a cabeça e João destaca os pés. Não há erro, há enfoque. João quis destacar que ela se prostrou, adorou com tudo o que tinha e era.

Todo aquele que oferece, é porque já recebeu algo. Ninguém dá o que não tem.

  • Lázaro, estava à mesa, testemunhando a todos o seu milagre;
  • Marta (como de costume, servia);
  • Maria sacrificou, aos pés de Jesus, enxugando o perfume precioso com seus cabelos;

Todo aquele que oferece, é porque já recebeu algo. Ninguém dá o que não tem.

Fuja da lógica de pessoas que procuram o Caminho da Salvação só para receber, não de si para dar: não tem testemunho, não tem serviço, não tem sacrifício;

Críticas, elas virão!

Mateus e Marcos diz que os discípulos disseram “por que não se vendeu e deu aos pobres?”, mas, João esclarece que não foram os discípulos, foi Judas! Tem gente que pensa que Judas é piedoso, que ele é legal, gosta de Judas.

Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros, e não se deu aos pobres? João 12:4,5;

Tem coisa que parece que tem ar de piedade, mas, só Deus conhece o coração, sabe o que tem por trás. Não há nada escondido que não seja revelado… João dar nome ao discípulo e revelar a motivação dele.

Ora, ele disse isso não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão, e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. João 12:6;

  1. Cuidado com Judas… Judas tem seus próprios interesses, e quer usar os outros para atingi-los. Ele usa você para ganhar força e alcançar o que deseja;
  • Cuidado com o que é superficial. Deus conhece os que são seus. Seja fiel, transparente, verdadeiro, interessado na verdade, ande na luz;

Jesus faz uma intervenção!

Jesus, porém, disse: Deixai-a, por que a molestais? Ela fez-me boa obra. Porque sempre tendes os pobres convosco, e podeis fazer-lhes bem, quando quiserdes; mas a mim nem sempre me tendes. Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura. Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória. Marcos 14:6-9

  1. Deixai-a: Deixem em paz quem quer adorar! Ela fez uma boa obra;
  2. Os pobres sempre o tendes convosco… podem fazer-lhes bem quando quiserdes; Ofertar algo para Deus não isenta ninguém de ajudar ao próximo (e vice-versa);
  3. Ela fez o que podia, antecipou-se. Fez enquanto ainda podia, fez em minha vida. Não deixou para me homenagear depois de morto;
  4. O que ela fez será lembrado (para sua memória) em todas as partes do mundo;

Considerações finais!

Você já priorizou estar com Jesus em detrimento de estar com alguém ou em algum lugar?

Você tem oferecido a si mesmo e a seus recursos preciosos ou você só quer receber?

Você já priorizou dar algo precioso a Jesus em vez de guardar? Ou você justifica que nada entrega a Deus para que se dê aos pobres?

Você sabe participar quando é a vez do outro ser visitado? Ou você quer toda a atenção só para você?

Você já fez algo como um ato de adoração que ficou marcado na sua vida? Ou você é mesquinho? Mediano? Faz as coisas por interesse pessoal?

Você tem compreensão dos valores espirituais? Você tem senso crítico e discernimento espiritual? Ou você vai na onda de pessoas frias?

Que Deus abençoe a igreja para que ela seja diferente do mundo. Que ela oferte seu testemunho, serviço e sacrifício de adoração, sem deixar-se ser levada por falsos discípulos, e aqueles que o admiram.

Deus abençoe!!

Please follow and like us: