VISÃO FECHADA X VISÃO ABERTA

MC. 8.22-26

Introdução

Este relato trata das operações milagrosas do Senhor Jesus em seu ministério terreno. Nesta pregação, Jesus estava em uma outra etapa do seu ministério inicial que começou na Galileia e que agora, já percorria outras localidades, a fim de cumprir seu ministério.

Esta história, considero ser de difícil compreensão, isto porque abrange muitos significados e possíveis explicações teológicas. Este é talvez, aquele texto da bíblia, que quando terminamos de ler a única pergunta que surge em nossa mente é: Como é? – Hã? O que? E etc.

Mas, para que melhor possamos discutir este relato, vou fazer algumas observações e buscaremos extrair delas lições práticas para nossa vida cristã.

OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS DESTE TEXTO:

  1. Jesus chegou a Betsaida – a primeira observação que quero destacar é que Jesus vai a um lugar, cujo histórico é de pertencer a uma das cidades impenitente – cidade em que não há arrependimento; o contexto da localidade é de sofrer o juízo de Deus, porque não se converteram e não creram em Jesus. Vejam que Betsaida foi a localidade em que Jesus operou muitos milagres, mas mesmo com tantas manifestações do poder de Jesus, isso não foi suficiente para que o povo se convertesse ao evangelho. Podemos ver que milagre não salva, mas sim a fé – (Mateus 11.21-22) – E é nesse local, que trouxeram a Jesus um homem cego e rogavam-Lhe que o curasse;
  2. Jesus tomou o homem pela mão e o levou para fora da aldeia – Vejam, que Jesus conduz o homem para fora daquele ambiente – qual era o ambiente? De pecado e incredulidade – porque nada adiantaria o milagre gerado em terra incrédula, porque logo seria transformado em obras do acaso; então Jesus conduz o homem para fora da aldeia;
  3. Cuspiu nos olhos e impondo-lhe as mãos, pergunta o que vê – (Já tentou tirar algo do olho, estando o dedo seco? A saliva tem um papel importante nesse processo, porque ela facilita a retirada de ciscos que estejam embaçando a visão. Ela entra como lubrificante, que irá ajudar a tirar o que está impedimento a nitidez das vistas). A resposta do cego é interessante, porque Jesus pergunta o que vês e ele responde: Vejo homens como árvores. E aqui há algumas verdades espirituais a serem observadas: A visão distorcida do cego estava em torno dos homens – e olhar para o homem antes mesmo de olhar para Cristo, pode tornar a visão embaçada, distorcida e pode até causar cegueira. Este texto, é muito parecido com o que lemos em Mateus 7.5 (sobre o ato de julgar os outros) – Quando nossa mentalidade está sendo alimentada no que o outro é, vou tornando minha visão limitada acerca de mim e vou encontrado cada vez mais defeitos no outro; a visão se fecha quando passamos a fitar o olhar no homem;
  4.  Jesus toca-lhe novamente em seus olhos, só que agora, ele olha firmemente e sua visão é reestabelecida –  A visão do homem é aberta, a medida que ele firmemente olha para Jesus, passando a enxergar longe – porque quem se depara com a luz do evangelho, consegue vê longe e não está mais cego. Quem está na luz, que é Cristo Jesus, já não tem mais prazer nas trevas – porque a luz do evangelho clareou em sua mente; a visão aberta nos faz olhar muito além do nosso próprio entendimento; a visão aberta nos torna sensíveis a voz do Espírito Santo;
  5. Jesus dá uma ordem: vai para sua casa e não entres na aldeia – Aqui há um ponto que merece destaque – Enquanto este homem esteve dentro da aldeia, ele era cego; nada adiantava ser curado se não estivesse disposto a abandonar aquilo que lhe causava cegueira; a aldeia aqui representa o impedimento para que a visão dele fosse reestabelecida; e voltar para a aldeia seria o mesmo que voltar ao seu estado miserável e cegueira;

Aplicações práticas:

  • A obra que Deus quer realizar em nossas vidas nem sempre será instantânea, ela poderá ser gradual e progressiva; o fato é que muitas vezes precisaremos nos desprender daquilo que nos causa cegueira espiritual, aquilo que ofusca as verdades do evangelho e nos torna cegos espirituais;
  • Agora que você conheceu a luz do evangelho, você precisará se cercar de pessoas, de ambientes e lugares que amplie sua visão e não que te torne cego;
  • Veja que Jesus manda este cego voltar para sua família – porque possivelmente, ele se deixou atrair pelos encantos e palavras de incrédulos e quando menos se deu conta, já não conseguia mais enxergar, estava cego; vai ficar com a sua família, aqueles que te amam, aqueles que cuidam de você que te corrige e que quer o seu bem;
  • Não retorne à sua condição anterior, porque pode ser que você não consiga mais enxergar com tanta nitidez;
  • Betsaida não é o seu lugar; estando lá, você corre sérios riscos de ser carregado por alguém (e como um cego irá guiar outro cego) ou ainda sofrer o juízo de Deus;

Conclusão:

Que o Senhor nos dê a graça de termos nossa visão sempre aberta, não olhando para o homem e suas fragilidades, mas olhando para o Senhor que é o autor e consumador da nossa fé. Que tem planos para nós, apesar de nós, que tem todo poder para nos fazer superabundar em toda boa obra e que tem prazer em abençoar a todos os que confiam em seu Nome!

Como está sua visão?

Please follow and like us: